Algarve cria melhores condições para receber autocaravanas

Esta quarta-feira,várias entidades da região do Algarve, entre elas a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDRA), a Associação de Municípios e o Turismo da Região, assinam um protocolo para implementar uma estratégia regional para o autocaravanismo. Em 2014, a região foi visitada por 29 mil autocaravanas com 60 mil pessoas. Mais do dobro do que há dois anos.

Num levantamento feito em 2007, a CCDRA encontrou 92 locais onde os caravanistas estacionavam sem quaisquer regras, deixando muitas vezes o lixo e fazendo despejos em qualquer lugar.

Já se tornou vulgar ver autocaravanas estacionadas junto às praias, em falésias, em parques de estacionamento, em locais que não estão licenciados. Com o aumento deste tipo de turismo, várias entidades do Algarve consideraram urgente definir uma estratégia. O que pretendem é criar as ASA, Áreas de Serviço para Autocaravanas.

Perante esta nova realidade, a CCDRA lança o desafio às câmaras municipais e aos agentes privados para que avancem para infraestruturas deste género, já que este tipo turismo, que é feito sobretudo por reformados nórdicos, traz vantagens.

Hoje já existem 12 espaços na região destinados apenas a autocaravanas. Mas a intenção é aumentar esse número para chamar ao Algarve um segmento de mercado que está a crescer.

A CCDRA gostava igualmente que o projecto se alargasse ao interior. Para que dinamizasse zonas mais abandonadas e porque estes autocaravanistas gostam de turismo de natureza e não apenas de sol e praia.

Notícia transcrita da edição web da TSF.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Fórum

  • No posts to display.

Autenticação